Irmã Maria Heloísa Helena

Irmã Maria Heloísa Helena

Irmã Maria Heloísa Helena

Irmã Maria Heloísa Helena

Sou Ir. Maria Heloísa Helena, natural de Duque de Caxias, Rio de Janeiro. Enquanto morava no Rio, trabalhava para a prefeitura da cidade, como farmacêutica em um Centro de Atenção Psicossocial.

Meu despertar vocacional se deu no diálogo com o próprio Cristo. Percebi que eu poderia dar para Ele muito mais do que aquilo que eu estava dando. Comecei a ver os andarilhos, miseráveis que passavam pelas ruas e comecei a sentir também a sua dor. “Senhor, mas quando eu te vi com fome e te alimentei? (…) Tudo aquilo que fizerdes a um desses meus pequeninos é a mim que estarás fazendo.” (cf Mt 25, 37.45).

Minha sensibilização para a questão do próximo se deu numa comunidade de leigos próximo a minha casa. Lá morávamos com ex-moradores de rua. Foi o primeiro contato com o amor Ágape. Deus que se fazia amar na pessoa do próximo. Hoje entendo o que é a providência divina, a tal providência que as Irmãs Júlia, Aloísia e Inácia também viveram em sua caminhada aqui na terra. Acredito que Deus quer fazer-se conhecido para enfim poder ser amado e amar através de nossos atos.

Conheci as Irmãs de Nossa Senhora através de uma entrevista que uma Irmã da Congregação estava dando em uma rádio católica da cidade. Esta irmã, recém chegada da África, falava sobre o trabalho que desenvolveu na favela do Cantagalo. Aquele serviço me atraiu e, naquele momento, eu vi a possibilidade de alimentar aquele Cristo que também tinha fome. Logo que pude, entrei no site da congregação e escrevi para a equipe vocacional. Um tempo depois estava eu no colégio Notre Dame em Ipanema.

Pertencer a esta Congregação é a oportunidade que Deus está me dando de também ser a providência na vida de tantas pessoas. Ser o ouvido, a voz, o braço, o alimento. Ser aquela que leva o Cristo a tantos que necessitam de sua presença. Com as irmãs de Notre Dame, pude conhecer o Cantagalo, a fazenda terapêutica, os adolescentes do crisma e do projeto transformação, o povo indígena do Jordão, as mulheres do presídio e essas pessoas que diariamente chegam até mim aqui na farmácia Santa Júlia onde hoje atuo, em Não-Me-Toque. Todos querem alguma coisa, um abraço, uma palavra, um sorriso…!

Sou muito grata ao Bom Deus por confiar a mim esta missão tão honrosa de servi-Lo nesta congregação como Irmã de Notre Dame.

3 thoughts on “Irmã Maria Heloísa Helena”

  1. Parabéns Ir. Heloísa Helena!
    Você é uma grande gerreira, sua história é muito bonita e significativa!
    Desejo que vc possa cada dia dizer seu SIM com muito amor, coragem e entusismo na sua missão e comunidade. Você é muito importante! Deus é fiel! Ele te ama muito!
    Conte com meu apoio e oração.
    Abraço Ir. Marilene

  2. Heloisa, você está bem no meu coração. siga em frente, não olhe para trás. É neste momento da sua vida que pode fazer o melhor , envolvendo-se profundamento na opção que fez com tanta sinceridade no dia de sua profissão religiosa. Bjs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *