vocacional-nd-irma-mirtes-roman

Irmã Mirtes Helena Roman

“Amar como Jesus amou,

Sonhar como Jesus sonhou,

Pensar como Jesus pensou,

Viver como Jesus viveu.

Sentir o que Jesus sentia,

Sorrir como Jesus sorria”

Pe. Zezinho

 

vocacional-nd-irma-mirtes-romanFazer o que Jesus fazia e como Jesus fazia…

A canção do Pe. Zezinho, “Amar como Jesus amou” responde muito bem a pergunta: “O que é preciso para ser feliz?” Felicidade, realização pessoal tem a ver com opção de vida, com projeto de vida pessoal e de vida colocada a serviço. A vocação à Vida Religiosa é essencialmente este chamado que a canção acima expressa. É reproduzir, como opção de vida, a forma de viver de Jesus.

Viver uma opção de vida através de um carisma institucional, ter como forma de vida o seguimento de Jesus, hoje, requer profunda doação e grande generosidade. Seguir os passos de Jesus no cenário atual, altera constantemente a vida da pessoa, obriga-a a pensar de outra forma o próprio eu. É preciso abrir mão de gostos pessoais, estar a serviço e encantar-se sempre de novo pela proposta Evangélica.

O carisma da Congregação das Irmãs de Nossa Senhora, que se traduz em uma profunda experiência da bondade de Deus e do seu amor providente, dá elementos necessários e fundamentais para o seguimento de Jesus.

Ingressando na Congregação das Irmãs de Nossa Senhora, fui percebendo esta possibilidade, encontrando respostas às buscas, aos anseios, aos apelos e inquietações provindas do desejo de fazer algo mais pelo Reino.

Cantar, tocar piano, fazer música sempre fez parte da minha caminhada. Após o término do magistério e do período de formação da Vida religiosa, o estudo e aprofundamento no campo da música definiu a profissão.

Ensinar as crianças, os adolescentes e jovens a cantar e tocar piano fez parte, não só como profissão, mas integrou a missão e o carisma pessoal e institucional, como forma de propagar a Palavra de Deus e conferir sentido à vida e vocação… Cursos de canto e liturgia, animar e cantar nas celebrações litúrgicas, nos fins de semana e datas significativas, fazem parte da missão. O ministério da música é serviço e exige generosidade e doação.

O segredo é descobrir o jeito de unir profissão, missão, chamado e vocação.

Ir. Mirtes Helena Roman, natural de Ibirubá/RS.

9 thoughts on “Irmã Mirtes Helena Roman”

  1. Parabéns Irmã Mirtes , pela sua vida doada na ratuidade de seus dons. Respondendo a cada dia o chamado sempre NOVO do Senhor . Que Deus a abençoe sempre nesta sua missão de Evan elizar através da musica. Que sua ale ria contaie muitas jovens e que estas possam se Encantasr por Jesus e seu projeto.

  2. Querida prima e irmã do coração. Fiquei feliz em vê-la nesta página. Aqui na missão de Moçaçmbiquealegro-me e ver parte de minha família nuçma página tão limportante. Parabéns pela vidaque cuidas a cada dia que passa. Frfraternalmente.l Ir. C

  3. Chimoio, Moçambique África.
    Gostei de ler as históias vocacionais . As fotos me falam muito. Parabéns, àquelas que deram do seu tempo ara pattilhar um pouco de sua vida.
    Mirtes ,aqui desta África, a recordo com carinho e me alegro de ver seu belo sorriso e partilha.
    Fraternalente. Ir. Cecilia Giacomolli

  4. Olá,Mirtes! Parabéns! Sou testemunha do que escreveu sobre sua vida profissional e religiosa. Tive a oportunidade de aprender muito no período em que me preparava para o magistério e você dava aulas de cantos. Sempre admirei seu jeito simples de ser, a alegria e didicação no seu trabalho profissional. Sua amizade é preciosa para mim. Que Jesus continue sendo seu referencial de vida para sempre. Um grande abraço.
    Eladir

  5. Querida Irmã Mirtes, fui seu aluno de piano no Notre Dame há 30 anos atrás. Você foi uma das melhores professoras que já tive na vida, considerando qualquer assunto (não necessariamente relacionado à música). Lembro com saudades daquela época e sinto-me privilegiado por tê-la encontrado quando decidi aprender piano, por iniciativa própria, aos 15 anos de idade. Hoje em dia moro nos EUA, sou engenheiro com mestrado e doutorado. A música para mim ficou sendo um hobby maravilhoso, que alegra e enriquece minha vida. Tenho 3 filhos (duas meninas, de 11 e 9) e um menino (de 7). Comecei a ensinar piano para minhas duas filhas através daqueles mesmos livros do Mário Mascarenhas. Hoje elas estão com uma professora de piano profissional, têm aulas de canto lírico (cantam maravilhosamente bem) e a mais velha também está aprendendo clarineta. Segue abaixo um video no YouTube que acho que vc vai gostar. Quando puder escreva para mim (marcelo@jethomeautomation.com). Um grande beijo, Marcelo
    https://www.youtube.com/watch?v=eZpKqy6XW7k

  6. Querida Mirtes,

    Ficamos muito Feliz em ler sua História e lemos em grupo. Mirtes, a Ir Licelda disse que seu rosto revela a ela a Bondade de Deus de sua querida mãe.
    A Ir Emilia disse que muito aprendeu de si na sua carreira como professora e na sua realização pessoal de canto e de música.
    Enviamos de todo o coração um forte a braço e beijosssss
    Continue………

  7. Linda tua história de vida.Gostaria de saber se você lembra das colegas da quarta série ginasial.Muitas de nós nos encontramos através do facebook,e tem uma foto de algumas aspirantes colegas nossas.Ali está Mirtes,Nair,Helena,Sali e Teresinha.Abraços

  8. Oi Irmã Mirtes.
    Você me deu aulas de Canto – Canto Pastoral – em Passo Fundo, entre os anos de 1986 e 1987. Eu fiz parte dos noviços dos Maristas, no Instituto Marcelino Champagnat.
    Você fez diferença em minha vida cristã católica.
    Obrigado.
    Que Deus a abençoe sempre…!
    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *